8 de junho, dia Mundial dos Oceanos

O Dia Mundial dos Oceanos é comemorado desde o dia 08 de junho de 1992 durante a Rio-92.

Apesar da data não ter sido ainda oficializada pelas Nações Unidas as instituições de pesquisa e organizações que trabalham com os oceanos, todos os anos aproveitam esta data para lembrar à sociedade que vivemos em um planeja cuja cobertura majoritária é formada pelos mares e oceanos, celeiro de vida, verdadeiro regulador do clima e pulmão do nosso planeta.

Sem um oceano saudável, não haverá mais vida no nosso planeta!
Neste dia, repense os seus hábitos e costumes que de alguma forma impactam negativamente a vida nos oceanos:

  • cuide bem do seu lixo, não deixe ele chegar no mar. E na praia, não jogue lixo na areia e nem na água, se não tiver uma lixeira próximo, guarde com você o seu lixo e ao chegar em casa deposite na lixeira;
  • Não compre artesanatos que utilizem conchas, corais, estrelas-do-mar, cavalos-marinhos secos ou qualquer outro organismo marinho, estes animais são muito importantes para a saúde dos oceanos;
  • Na praia, não colete nada, nem conchas, nada … se quiser levar uma lembrança da praia, umas boas fotos serão mais úteis e não danificam o meio ambiente;
  • Por mais tentador que seja, evite levar seu animal de estimação à praia, as fezes e a urina deles podem contaminar a areia a até mesmo a água;
  • Não desmate e não pisoteie a vegetação de restinga;
  • Não somente para proteger os oceanos, evite fumar, mas caso não seja possível, evite fumar na praia e se fumar não enterre sua bituca na areia e nem jogue na água, se não tiver uma lixeira na praia, guarde com você e ao chegar em casa jogue no lixo;
  • Não alimente os peixes, pode parecer inocente mas essa prática altera o comportamento natural dos animais e pode trazer sérios problemas;
  • Não toque nos corais, eles são frágeis e podem quebrar muito facilmente e morrer, além do fato de que algumas espécies podem ser urticantes;
  • Escolha protetores solares à prova d´água para não contaminar a água do mar com produtos químicos. Muitos dos componentes dos protetores solares são extremamente prejudiciais à fauna marinha;
  • Se possível, e seguro, ao se deparar com garrafas e copos na areia da praia, mesmo que não tenha sido você a jogar ali, colete e jogue na lixeira mais próxima, ou leve consigo para depositar em uma lixeira em casa;
  • Respeite os períodos de reprodução das espécies, conhecidos por períodos de defeso e não consuma estas espécies neste período. Além disso, denuncie os estabelecimentos que estiverem comercializando determinados animais no seu período de defeso;
  • Não consuma peixes ou outros animais marinhos capturados pela pesca predatória ou com o uso de explosivos, incentive e fortaleça a pescaria tradicional artesanal que é muito menos impactante;
  • Não consuma e denuncie quem comercializa espécies de peixes e outros animais ameaçados de extinção;
  • Reduza o uso de plásticos e derivados no seu dia-a-dia, não é uma tarefa fácil nos dias de hoje e simplesmente abolir este material das nossas vidas não é possível, mas se puder reduzir e dar preferência a produtos com outra matéria prima, melhor;

E por fim, uma sugestão bem legal: Procure conhecer melhor o meio ambiente marinho, mergulhe!!

About Rodrigo Maia-Nogueira

Mergulhador e apaixonado pelos oceanos desde a infância. Desde a década de 1990 está envolvido em ações e pesquisas relacionadas com a biota aquática, tendo sido coordenador de resgate do Centro de Resgate de Mamíferos Aquáticos (CRMA) do Instituto Mamíferos Aquáticos (IMA) e fundador do Centro de Pesquisa e Conservação dos Ecossistemas Aquáticos (Biota Aquática) e do EcoBioGeo Meio Ambiente & Mergulho Científico, e ao longo dos anos participou de projetos de pesquisa e de consultoria na ambiental em parceria com diversas instituições. Também atua como instrutor de mergulho SDI e PADI. Tem como objetivo, além de produzir informação de qualidade fomentar o reconhecimento e a qualificação dos mergulhadores científicos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.