A Trilha

A Biota Aquática da baía de Todos os Santos e costa Atlântica de Salvador, Bahia

Trilha (Pseudupeneus maculatus)

  • Classe: Actinopterygii
  • Ordem: Perciformes
  • Família: Mullidae
Trilha (Pseudupeneus maculatus) fotografada em um estuário (Foto: Rodrigo Maia-Nogueira)

DESCRIÇÃO

O corpo fusiforme da Trilha que pode atingir até 30cm de comprimento tem geralmente o corpo branco amarelado, porém tem a capacidade de mudar a tonalidade de acordo com o substrato. Á noite a coloração do corpo fica avermelhada. Apresenta um par de barbilhões amarelados e uma linha de três manchas escuras na lateral do corpo.

Trilha (Pseudupeneus maculatus) parada mimetizando com o ambiente (Foto: Rodrigo Maia-Nogueira)

Alguns indivíduos apresentam nas suas laterais algumas linhas amareladas e pintas azuladas.

A Trilha também é conhecida por dois outros nomes populares, Saramunete e Salmonete.

Trilha (Pseudupeneus maculatus) fotografada a noite (Foto: Rodrigo Maia-Nogueira)

BIOLOGIA

A Trilha é uma espécie de águas rasas que ocorre sobre fundos arenosos, especialmente em locais próximos aos costões rochosos ou recifes onde passa a maior parte do tempo forrageando revolvendo o substrato com seus barbilhões em busca de pequenos invertebrados dos quais se alimenta.

Trilha (Pseudupeneus maculatus) em uma estação de limpeza no Parque Marinho da Barra, sendo limpa por um Rufus (Bodianus rufus) (Foto: Rodrigo Maia-Nogueira)

O habito de forragear faz com que a Trilha atue como espécie núcleo, quase sempre acompanhada por outras espécies seguidoras que se aproveitam.

As Trilhas podem tanto ser observadas solitárias quanto forrageando em cardume.

Dupla de Trilhas (Pseudupeneus maculatus) fotografadas forrageando (Foto: Rodrigo Maia-Nogueira)

Quando não está forrageando a Trilha costuma ficar imóvel mimetizando com o ambiente.

Trilha (Pseudupeneus maculatus) (Foto: Rodrigo Maia-Nogueira)

A presença do mergulhador parece não interferir no comportamento da Trilha, inclusive se o mergulhador se mantiver imóvel é possível que ela se aproxime bastante enquanto forrageia, porém qualquer movimento mais brusco a afugenta.

Trilhas (Pseudupeneus maculatus) fotografadas forrageando (Foto: Rodrigo Maia-Nogueira)

DISTRIBUIÇÃO

A Trilha é uma espécie do Atlântico ocidental, ocorrendo desde as Bermudas até Santa Catarina (Brasil).

Em Salvador e na baía de Todos os Santos ela pode ser vista em praticamente todos os pontos rasos de mergulho.

Trilhas (Pseudupeneus maculatus) (Foto: Rodrigo Maia-Nogueira)

STATUS DE CONSERVAÇÃO

A Trilha não se encontra sob nenhuma classificação de ameaça.

Trilha (Pseudupeneus maculatus) fotografada à noite (Foto: Rodrigo Maia-Nogueira)
Please follow and like us:

Autor(es)

+ Artigos

Mergulhador e apaixonado pelos oceanos desde a infância.
Desde a década de 1990 está envolvido em ações e pesquisas relacionadas com a biota aquática, tendo sido coordenador de resgate do Centro de Resgate de Mamíferos Aquáticos (CRMA) do Instituto Mamíferos Aquáticos (IMA) e fundador do Centro de Pesquisa e Conservação dos Ecossistemas Aquáticos (Biota Aquática) e do EcoBioGeo Meio Ambiente & Mergulho Científico, e ao longo dos anos participou de projetos de pesquisa e de consultoria na ambiental em parceria com diversas instituições.
Também atua como instrutor de mergulho SDI e PADI.
Tem como objetivo, além de produzir informação de qualidade fomentar o reconhecimento e a qualificação dos mergulhadores científicos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.