O Borboleta

A Biota Aquática da baía de Todos os Santos e costa Atlântica de Salvador, Bahia

Borboleta (Chaetodon stritatus)

  • Classe: Actinopterygii
  • Ordem: Perciformes
  • Família: Chaetodontidae
Conheça o Borboleta, uma das espécies da biota aquática presentes na baía de Todos os Santos e costa Atlântica de Salvador.
Borboleta (Chaetodon striatus) (Foto: Rodrigo Maia-Nogueira)

DESCRIÇÃO

O borboleta possui um corpo ovalar, alto e muito comprimido lateralmente, de coloração branco-amarelada com três faixas verticais mais escuras, quase negras, na lateral, uma delas passando pela base da nadadeira caudal, além de uma faixa vertical negra que passa pelos olhos. As nadadeiras anal e dorsal possuem uma faixa negra contornando boa parte delas que são margeadas por uma fina faixa amarelada. Os jovens apresentam um ocelo escuro com um fino contorno na cordo corpo na porção posterior da nadadeira dorsal.

Filhote de borboleta (Chaetodon striatus), notar o ocelo na porção posterior da nadadeira dorsal (Foto: Rodrigo Maia-Nogueira)

Os adultos apresentam também algumas finas listras horizontais azul no rostro, entre os olhos e logo acima da boca. Os adultos podem apresentar também muitas estrias horizontais escuras ao longo das laterais do corpo.

Borboleta adulto (Chaetodon striatus), notar as finas listras horizontais azuis no rostro e as estrias escuras na lateral do corpo (Foto: Rodrigo Maia-Nogueira)

O borboleta pode atingir até 16cm de comprimento total.

A boca do borboleta é pequena com um focinho destacado.

BIOLOGIA

O borboleta não forma grandes cardumes, costuma ser observado nadando sozinho ou aos pares próximo aos recifes e costões procurando por pólipos de corais, ovos de moluscos, poliquetas, e uma infinidade de pequenos invertebrados marinhos.

Par de borboletas (Chaetodon striatus) nadando juntos ao longo do recife rochoso do Parque Marinho da Barra (Foto: Rodrigo Maia-Nogueira)

Os filhotes são mais tímidos e costuma ficar sempre próximos de locais que permitam se esconder ao menor sinal de ameaça.

Em geral os adultos toleram bem a presença de mergulhadores, porém são animais bem ariscos e fogem caso estes se aproximem muito.

Borboleta (Chaetodon striatus) (Foto: Rodrigo Maia-Nogueira)

DISTRIBUIÇÃO

O borboleta ocorre no Atlântico ocidental, da Flórida (Estados Unidos) ao Sul do Brasil.

Em Salvador e na baía de Todos os Santos ele pode ser observado em todos os ambientes, e em todos os pontos conhecidos de mergulho.

Borboleta (Chaetodon striatus) (Foto: Rodrigo Maia-Nogueira)

STATUS DE CONSERVAÇÃO

O borboleta não se encontra sob nenhum grau de ameaça.

Exemplares com até 10cm são comumente encontrados em lojas de aquarismo.

Borboleta (Chaetodon striatus) (Foto: Rodrigo Maia-Nogueira)

.

Please follow and like us:

Autor(es)

+ Artigos

Mergulhador e apaixonado pelos oceanos desde a infância.
Desde a década de 1990 está envolvido em ações e pesquisas relacionadas com a biota aquática, tendo sido coordenador de resgate do Centro de Resgate de Mamíferos Aquáticos (CRMA) do Instituto Mamíferos Aquáticos (IMA) e fundador do Centro de Pesquisa e Conservação dos Ecossistemas Aquáticos (Biota Aquática) e do EcoBioGeo Meio Ambiente & Mergulho Científico, e ao longo dos anos participou de projetos de pesquisa e de consultoria na ambiental em parceria com diversas instituições.
Também atua como instrutor de mergulho SDI e PADI.
Tem como objetivo, além de produzir informação de qualidade fomentar o reconhecimento e a qualificação dos mergulhadores científicos.

One thought on “O Borboleta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.